Como colorir o cabelo: tipos de tinta e passo a passo!
Cabelos,

Como colorir o cabelo: tipos de tinta e passo a passo!

7 de dezembro de 2022
VOCÊ BELISSÍMA
DEIXE UM COMENTÁRIO

A coloração se tornou um das principais alternativas para quem deseja renovar o visual e dar aquele up na autoestima. Apesar disso, nem todo mundo sabe como colorir o cabelo sem interferir diretamente na saúde e na beleza dos fios.

O tingimento é capaz de modificar por completo a estrutura capilar, podendo até alterar definitivamente a cor dos fios. Em geral, isso acontece por conta da presença de amônia nas fórmulas de tinta, uma substância que abre as cutículas capilares e permite que a coloração penetre profundamente os fios.

Nesse caminho, se você deseja ter um cabelo colorido e saudável, encontrou o lugar certo! Neste artigo, trouxemos diversas dicas e informações sobre o processo de coloração dos fios. Quer conferir? Continue a leitura!

Tipos de coloração

Antes de mais nada, você sabia que existem diferentes tipos de tinta para cabelo? Pois é! É possível encontrar uma grande variedade de produtos para coloração no mercado. Eles se diferenciam entre:

Temporários

As tintas temporárias costumam apresentar cobre e chumbo na composição. Esses elementos químicos depositam-se nos fios, mas não penetram permanentemente, durando entre 6 e 10 lavagens. Justamente por isso, são excelentes apostas para quem deseja investir em mechas coloridas por um determinado período.

Semipermanentes

Também conhecida como tonalizante, a tinta para cabelo semipermanente é uma opção que modifica levemente a tonalidade natural dos fios. Assim, costuma durar entre 15 a 20 lavagens aproximadamente, sendo uma boa alternativa para quem deseja uma mudança de maneira mais sútil.

Permanentes

As tintas permanentes costumam apresentar produtos alcalinos em suas fórmulas. Essas substâncias modificam completamente a estrutura dos fios, abrindo as cutículas para que os pigmentos penetrem e fixem no córtex capilar de forma permanente. Em razão disso, são as opções mais agressivas, porém duradouras, alterando os fios de maneira irreversível.

Passo a passo para colorir o cabelo

Agora que você já conhece os principais tipos de tintura, é hora de descobrir como pintar o cabelo. Para isso, separamos cinco dicas práticas que podem facilitar o processo de coloração. Veja!

Escolha o produto e defina a quantidade

O primeiro passo para quem quer saber como colorir o cabelo é escolher o produto a ser aplicado. No caso de uma mudança mais discreta e menos agressiva, investir nas versões temporárias e semipermanentes é uma ótima alternativa, enquanto para mudanças mais drásticas e de longo prazo, as permanentes são a melhor aposta.

Além disso, em meio aos produtos, é possível encontrar versões indicadas para cada tipo de cabelo — lisos (1A, 1B e 1C), ondulados (2A, 2B e 2C), cacheados (3A, 3B e 3C) e crespos (4A, 4B e 4C). Também estão disponíveis opções para fios normais, oleosos, mistos e secos. A dica é optar por aquele que mais se aproxima da sua realidade.

Realize o teste de toque e verifique a estrutura capilar

Após escolher a tintura, um dos passos mais importantes para quem quer saber como colorir o cabelo de forma saudável é fazer o teste de irritabilidade. Com esse procedimento, é possível detectar reações alérgicas e assim evitar complicações com a tinta.

Para isso, basta aplicar um pouco do produto atrás da orelha com a ajuda de um cotonete e esperar até 48h para lavar. Se a região não apresentar coceira, vermelhidão e outros sintomas durante esse período, você já pode realizar a coloração.

Além disso, é indicado verificar as condições da estrutura capilar antes da coloração. Isso consiste em ver se os fios aguentam o procedimento sem grandes riscos de quebra química por incompatibilidade. Para isso, o recomendado é consultar um profissional especializado.

Faça a preparação dos fios

Após descartar possíveis complicações, é hora de preparar os fios para receber a tintura. Para um tingimento com tintas temporárias ou tonalizantes, é importante que os fios estejam bem limpos antes do procedimento, a fim de garantir que as cutículas estejam bem abertas e viabilizar a penetração dos pigmentos.

Já para tinturas permanentes o ideal é ficar sem lavar as madeixas por até 24h antes da coloração. Assim, o couro cabeludo pode ser protegido pela oleosidade moderada dos fios, o que impede o ressecamento.

Leia as instruções do produto

Na hora de pintar, é comum surgirem dúvidas sobre como usar tonalizante ou tinta permanente. Justamente por isso é possível encontrar um folheto de instruções nas embalagens do produto.

Esse guia indica quais substâncias devem ser misturadas, os equipamentos para uso e como colorir o cabelo de fato. Siga-as corretamente para não interferir no processo e garantir uma coloração uniforme.

Procure um profissional ou aplique em casa

Ciente de todos os detalhes acima, você já pode começar o processo de tingimento. Para isso, é possível buscar um profissional qualificado ou aplicar o produto sozinho, em casa mesmo.

Se você optou pela segunda alternativa, comece protegendo o espaço para a aplicação da tinta, forrando todos os itens para não manchar. Depois, coloque os acessórios de pintura, como pincéis e bandejas, em uma superfície plana para facilitar o manuseio.

Antes de pintar, desembarace e divida o cabelo estrategicamente, protejendo a região em volta dos fios (testa, orelhas, etc) e aplicando um pouco de vaselina, hidratante, condicionador ou creme. Por fim, partindo da raiz, comece a pintar a altura da nuca, seguindo para as laterais da cabeça, depois o topo, em seguida perto das têmporas e, por fim, a frente.

Aguarde o tempo de secagem e enxágue os fios em água morna ou fria. Para manter as madeixas alinhadas e saudáveis, faça uma acidificação e uma hidratação logo após a coloração.

Cuide de seus cabelos com nutricosméticos!

Gostou do conteúdo e já sabe como colorir o cabelo? Que tal aprender a turbinar sua rotina de cuidados capilares com nutricosméticos? Oferecendo um mix de nutrientes, esses suplementos, aliados a uma alimentação balanceada, oferecem ainda mais beleza e vitalidade para seus dias.

mulher segurando pote de mega hair (como colorir o cabelo)

Na Belíssima Beauty, você encontra o Mega Hair, feito a base de biotina, zinco, L-Metionina e L-cisteína. Sua composição ajuda a estimular a produção de queratina, principal proteína dos fios, deixando-os mais brilhantes, resistentes e saudáveis. Conheça!

Fontes consultadas: 

VENTORIN, Amanda. Como colorir os cabelos de forma saudável. Boa Forma, [S. l.], 20 maio 2021. Beleza, p. 1. Disponível em: https://boaforma.abril.com.br/beleza/como-colorir-o-cabelo/#:~:text=Lave%20os%20cabelos%2024%20horas,com%20xampus%20e%20m%C3%A1scaras%20espec%C3%ADficas. Acesso em: 16 nov. 2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE

loiro exercícios o que é empoderamento feminino como usar protetor térmico pele acneica praia colágeno hidrolisado saúde mental Envelhecimento saúde da mente cuidados com a pele saudável peeling olhos esfoliação técnicas mel burrata alimentação saudável banana jantar sinais cabelo cacheado maquiagem saúde capilar dieta cuidados com as unhas tipos de cabelo dicas Colágeno petiscos colágeno em pó Pele como fazer coloridas vitamina vitiligo como preparar inverno comidas meditação guiada adoçante vaselina alongamento sérum escova manicure elasticidade nutrição capilar cuidados com o cabelo nhoque água micelar fruta tratamentos frango manga grão-de-bico low carb açúcar demerara ansiedade dia da saúde e nutrição iorgute verdades salada spa day perda ingredientes protetor solar ovos argila causas shampoo a seco whey cabelo tropical ovo de páscoa carne cuidados oleoso cabelos açucar mitos cacau rugas dicas de saúde saúde do corpo hidratação comer casa penteados simples salmão óleo de gergelim dormir saudáveis colorir sopa bem-estar babosa alimentação cuidados pessoais limpeza salgadinho olheiras como usar natural tratamento melasma treino molho lanches refeições para que serve gergelim pepino queda de cabelo psoríase ácido mandélico meditação curiosidades radicais livres gelado pele oleosa práticas festa junina bicicleta benefícios ácido latico saúde dermatite tarefas automassagem ácido sintomas grisalho niacinamida quinoa receita retinol saúde menta salada de bacalhau Beleza protetor térmico antioxidantes rotina sensível café panqueca páscoa skincare condicionador receitas suplementação lifestyle arroz de couve-flor babyliss oleosa tipos unhas shampoo verão